Olhar Econômico

25 julho, 2006

Aspirinas & google


Que a internet causa muitas dores de cabeça todos sabemos, mas a resposta do site de busca Google a um crítico foi demais. Depois de efetuar criticas ao google por constantes mudanças no painel de controle de seus serviços publicitários, o especialista em tecnologia Al Scilitani, diz ter ganho aspirinas para controlar suas dores de cabeça. Sem dúvida é muito inusitada essa resposta. Veja a matéria.

09 junho, 2006

Detentos viram "cobaia" em presídio gaúcho

Já esta dando polêmica no RS essa atitude da Secretária de Saúde de Iraí (460 km de Porto Alegre). Segundo folha online detentos do Presídio Estadual foram utilizados como "cobaias" em um teste de vacina.

05 junho, 2006

CPMF

O ministro do planejamento, Paulo Bernardo quer que a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) torne-se Permanente. Bom, que de provisória ela permanece já por muito tempo. É um imposto disfarçado de contribuição que não contribui a nada. Subtrai os escassos recursos dos correntista e não traz retorno algum (como muitos). Ao menos deveria, pois existe justamente para ajudar a corrigir os problemas na saúde. Bom, sua extinção está prevista para 2008. Matéria da ZH.

04 junho, 2006

Literalmente para o espaço

O primeiro astronauta brasileiro largou a farda de forma melancólica. Fiquei supreso ao ler essa matéria na Revista IstoÉ Dinheiro. Segundo a reportagem foram gastos cerca de R$ 10 milhões dos parcos recursos públicos destinados a ciência pelo governo brasileiro para obtermos um retorno desses. Marcos Pontes simplesmente não quiz mais. Abandonou literalmente o "barco". Bom, pelo visto vai ganhar a vida da venda de camisetas, brindes, chaveiros, palestras, consultorias e aposentado, é claro, sugando mais um pouco ainda. Realmente, isso é polêmico. Mas, acho que cabe bem a colocação do presidente da SBPC, que diz: "Foi uma carona paga” e que deveria ter um retorno maior para o Estado e para a Ciência e não em benefício próprio.

Uma questão que não cala é: quando o Estado investe em ensino superior, o retorno muitas vezes não é o mesmo? Aqui, só mudam os valores.

01 junho, 2006

Futebol & Economia

A Revista Forbes Online mostra que o futebol brasileiro tem contribuido para o saldo positivo na balança comercial.

Blogs

Nessa matéria do WSJ dá para entender um pouco da onda mundial dos blogs.

PIB cresce 9,3%

O crescimento econômico anualizado da Índia foi de 9,3% no primeiro trimestre de 2006. É certo que na Índia as circustâncias são outras, mas numa comparação ao Brasil dá até para peceber que temos ainda que melhorar muito. No Brasil o crescimento anualizado no primeiro trimestre de 2006% foi de 5,7%. Segundo a matéria da Revista Exame, apesar desse crescimento significativo, os indianos sofrem com gargalos na infra-estrutura do país.

Inflação

Atualmente no Brasil estamos numa situação relativamente estabilizada. Mas, quando li essa matéria no portal terra fiquei até certo ponto surpreso com a atitude de certos governos. A matéria fala de uma das mais altas taxas de inflação do mundo. A de Zimbábue. Esta certo que o país não é lá de grande relevância para a economia mundial, mas serve para relembrar os conceitos de inflação, que no caso zimbabuano é hiperinflação. Lá a inflação chega próximo de 1000%. Se necessita de alguns milhões para fazer as compras mais simples, como pão, leite, etc. Interessante que o governo de Zimbábue lançou uma nota de 100 mil dólares do zimbábue (segundo o portal equivale a R$ 2,27), visto que a de 50 mil perdeu seu valor em algumas semanas. Com essa montanha de dinheiro (sem grande valor) é possível comprar alguns pães.

31 maio, 2006

PIB no 1 trimestre de 2006

O Produto Interno Bruto (PIB) a preços de mercado, calculado pelo IBGE, apresentou crescimento de 1,4% na comparação do primeiro trimestre contra o quarto trimestre de 2005, levando-se em consideração a série com ajuste sazonal. Em relação ao primeiro trimestre de 2005, o crescimento foi de 3,4%. No acumulado em quatro trimestres (terminados no primeiro trimestre de 2006), a taxa ficou em 2,4% quando comparada aos quatro trimestres imediatamente anteriores.

Segundo os dados do IBGE, a indústria foi o setor que contribuiu de forma mais significativa para a alta (1,7% em relação ao trimestre anterior).

Fonte: IBGE

Previsões do PIB em 2007

A consultoria britânica Economist Intelligence Unit (EIU), em seu relatório de previsões para o crescimento da economia mundial prevê que o Brasil crescerá (só) 3,5% em 2007. O resuldado é ambasado na queda das exportações e um fortalecimento do mercado interno.
Fonte: BBC Brasil

05 maio, 2006

Palavras x Comentários


O gráfico ai de cima explica tudo que vem ocorrendo no blog. Parece que quanto mais palavras que eu uso, menos comentários aparecem.