Olhar Econômico

20 novembro, 2005

Critica

O professor de economia da Faap-SP, Tharcisio Bierrenbach, faz uma critica ao processo de investimento do país em educação e ciência e tecnologia. Na sua colocação os investimentos em educação além de serem prioritário geram as bases para um processo de desenvolvimento sustentável no longo prazo. Na sua concepção, educação por si só não basta é necessário qualidade e eficiência na utilização dos parcos recursos públicos brasileiros. O acesso a educação fundamental e superior de qualidade é apontado como o possível diferencial em relação a outros países também emergentes. O professor alerta ainda sobre uma possível queda na formação de mestres e doutores no país. Na sua concepção, os investimentos em tecnologia e pesquisa também serão os diferenciais que garantirão o salto no processo de crescimento econômico. Obviamente, esse processo somente se tornará realidade com uma conscientização dos gestores públicos. Leia a matéria.