Olhar Econômico

18 dezembro, 2005

Abertura comercial ampliou a pobreza, apontam estudos

Às vésperas da 6ª reunião ministerial da OMC, ActionAid divulga estudo para demonstrar que a abertura comercial dos últimos anos ampliou a pobreza nos países pobres. Em outro trabalho, CUT chega à mesma conclusão para o desemprego.

São Paulo - Às vésperas da sexta reunião ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC), entre os dias 13 e 18 deste mês, em Hong Kong, o velho discurso liberal que associa redução da pobreza à abertura comercial não sai da boca dos negociadores dos países ricos. Mas um estudo divulgado nesta semana em Londres pela ActionAid, uma ONG com atuação em 40 países, inclusive no Brasil, tenta demonstrar que o argumento não passa de conversa fiada de negociador desonesto.