Olhar Econômico

11 dezembro, 2005

Entrevista: sobre o escândalo na política

Quando o jornalista Mario Rosa concedeu uma entrevista a AMANHÃ para falar sobre o tema em que é especialista – a gestão de crises – os escândalos envolvendo o governo Lula e o PT estavam no nascedouro. "Foi uma pena, porque naquele momento pouca coisa havia sido revelada", lamenta Rosa. Quatro meses depois, com o governo à deriva, AMANHÃ procurou novamente o autor do livro "A Era do Escândalo" e pediu uma avaliação da postura do PT diante do imbróglio. Para Rosa, os recentes rolos brasilienses escancaram mais uma vez a mãe de todas as regras da gestão de crises: jamais deixá-la eclodir. "A solução é a prevenção, é não ter o infarto. Depois que o escândalo estoura, é a falência do sistema de gestão de crise”, ensina. Mesmo preocupado com as conseqüências dos escândalos - como todos os brasileiros - Rosa vê neles uma oportunidade única para os empresários refletirem e aprenderem a gerir suas próprias crises. "É uma dolorosa e sinistra aula pública", diz ele nesta entrevista.